terça-feira, 24 de junho de 2008

Transforme seu pen drive em memoria ram no Vista

por Raphael Monteiro - Apesar de alvo de muitas críticas o Windows Vista trouxe alguns novos recursos que realmente podem facilitar a vida do usuário e que não encontramos no sistema operacional anterior a este, o Windows XP. Um destes recursos é o ReadyBoost.

Como sabemos, o novo sistema da Microsoft exige muito mais memória ram para o seu funcionamento do que o Windows XP, o que pode torna-lo lento em computadores mais antigos ou com menos de 1 giga de memória.

Quando você pluga o pen drive na porta USB de seu computador, uma das opções que surge na tela é para escolher quanto de memória auxiliar que quer utilizar. O espaço utilizado como memória auxiliar não vai permitir guardar arquivos. Ele será usado pelo processador quando todos os bancos de alocação de sua RAM estiverem ocupados, e desta maneira o pen drive passa a fazer o papel de memória. Como já foi dito, este pode ser um ótimo recurso para usuários de máquinas mais antigas que estão atualmente utilizando o Windows Vista.

Mas este recurso deve ser evitado quando se deseja prolongar a vida útil do pen drive, pois este possui em interior um módulo de memória flash, e como qualquer componente ela apresenta um prazo de vida útil. No caso da memória flash sua vida útil é calculada por ciclos de gravação e regravação, e para estes dispositivos este prazo varia de 10.000 a 100.000 ciclos. Pode parecer muito, mas se considerarem um aparelho com uma vida de 10.000 ciclos, e seu usuário for um utilizador assíduo deste recurso, o pen drive poderá ter uma redução de até 2/3 de seu tempo de utilização, que em média é de 3 anos, passando a durar apenas 1. Outro fator é a velocidade de transferência de bits, que é muito inferior ao da memória RAM, fazendo com que o sistema fique extremamente lento durante a sua utilização. Como podemos ver, o Ready Boost pode ajudar muito no caso de uma emergência, mas não deve ser enxergado como uma solução para a falta de memória em um sistema relativamente pesado.

Nenhum comentário: