segunda-feira, 10 de março de 2008

Virtualização e sistemas hospedeiros

por Raphael Monteiro - Imagine poder instalar vários sistemas operacionais no mesmo computador sem a necessidade de criar várias partições no H.D., formatação, e ainda ter a facilidade de acessa-los sem desligar seu hardware. Seria um sonho para os programadores ou entusiastas da computação? Não se trata de sonho, bem vindo a “virtualização”.

A possibilidade de poder testar vários sistemas operacionais ou a utilização de ferramentas de diferentes S.O.’s faz da virtualização uma importante ferramenta para empresas, bancos e sistemas de servidores ou também para os curiosos que desejam testar S.O.’s sem se dar ao trabalho de alterarem partições.

Virtualização é o processo de executar vários sistemas operacionais em um único equipamento. Uma máquina virtual é um ambiente operacional completo que se comporta como se fosse um computador independente. Com a virtualização, um servidor pode manter vários sistemas operacionais em uso. Ampliando esse conceito, é importante aprofundar o entendimento de como os ambientes computacionais são independentes um dos outros. Além do hardware do servidor que hospeda os sistemas virtualizados, esses ambientes virtuais não têm nada mais em comum. Não existe interdependência entre os sistemas virtuais nem regras que ditem qual sistema você pode usar em um ambiente virtual, à parte a compatibilidade do software de máquinas virtuais. Normalmente, se você pode instalar um sistema operacional em um hardware "real", poderá instalá-lo em uma máquina virtual. Seu servidor pode hospedar vários sistemas operacionais, sejam eles iguais, similares ou completamente diferentes. Os sistemas operacionais virtualizados são independentes entre si. Existem diversos pacotes de software para máquinas virtuais, porém o mais populares são o VMware como uma solução paga e o Virtualbox como um sistema de código aberto. Neste exato momento este artigo esta sendo escrito em um Open Office do Linux/Ubuntu, rodando no Virtualbox sobre o Windows XP como sistema hospedeiro.



Em um ambiente computacional virtual, existem dois componentes principais: o hospedeiro e o convidado. O hospedeiro é o sistema operacional executado diretamente sobre o hardware físico ou servidor. Esse hospedeiro é o sistema operacional que você instala inicialmente sobre o servidor. O sistema operacional convidado, no entanto, não é tão restrito. O sistema operacional convidado é o ambiente computacional virtual que é executado sobre o sistema operacional hospedeiro como uma máquina virtual.

A única restrição para o número de máquinas virtuais é definida pelos limites de memória, espaço em disco e poder de processamento da CPU oferecidos a elas. Qualquer computador que espera hospedar uma ou mais máquinas virtuais deve possuir recursos não apenas para o hospedeiro como também para acomodar os sistemas convidados




Compare Preços de: notebooks, mp3/mp4, pcs, monitores, videogames, celulares, câmeras digitais no Buscapé e Bondfaro.

Um comentário:

Anônimo disse...

tem como explicar o Sistema hospedeiro mais fácilmente?