quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Discurso de orador da colação de grau de S.I. 2009

Hoje estava organizando algumas pastas no meu computador quando me deparei com o discurso que fiz como orador na minha formatura no final do ano passado (12/2009).

Tirei um tempinho e reli todo ele, e o mais interessante foi que enquanto estava lendo bateu uma certa nostalgia e fui lembrando daquele momento legal como se ele tivesse acontecido ontem. Tudo bem que nem tem tanto tempo assim que ele aconteceu, porém muitas coisas novas aconteceram nesse pequeno intervalo de tempo e por isso acredito que fico com essa sensação diferente de que já passou mais tempo do que a realidade.

Estou falando, falando e você pode estar se perguntando: "- E o que eu tenho com isso?..". Pois é, na verdade essa postagem está sendo mais um devaneio que estou postando por aqui que pode não despertar muito interresse na maioria dos leitores, porém meu objetivo principal é unicamente estar compartilhando o texto da oração que descreve momentos muito bons que passei durante a graduação.

Discurso
Boa noite membros componentes da mesa e convidados. Hoje estamos todos reunidos nessa noite para celebrar um momento especial e único da vida de cada um de nós formandos, familiares e amigos.

Quatro anos se passaram e para chegarmos até aqui muitos obstáculos tiveram que ser vencidos, alguns deles comum a todos e outros  muito particulares. Quando começamos éramos cerca de  40 pessoas, hoje somos apenas 10...10 vencedores que tiveram muitos méritos por estarem hoje aqui nesse momento solene.

No início do curso tivemos alguns problemas de interação, lembro-me bem do dia que a professora Fernanda Abrão interrompeu a aula de Português para conversar com a turma  em busca de  alguma explicação do  porque que nós praticamente não  conversávamos. Esse problema só veio a ser solucionado com o tempo e acredito que sua causa maior era mesmo a timidez que é peculiar do perfil de grande parte das pessoas da nossa área, mas que aos poucos a turma foi perdendo.

Os dois primeiros períodos do curso foram importantes para definir quem realmente seriam os alunos que iriam compor  turma  definitivamente, pois as desistências depois desse tempo foram bem menores.

No terceiro período já estávamos em uma quantidade bem reduzida de alunos, mas foi a partir daí que começamos a nos tornar um grupo cada vez mais homogêneo, os laços de amizade foram se formando e o curso passou a fazer cada vez mais sentido.

Um fato marcante da nossa trajetória aconteceu nesse mesmo período, na disciplina que por coincidência leva o nome do nosso curso, Sistemas de Informação. Nessa disciplina o nosso professor Kneipp, hoje coordenador do curso, pediu que nos dividíssemos em três grupos para cada um deles propor uma solução de software  a  uma  empresa fictícia. O mais interessante disso tudo foi ver como a turma que antes tinha problemas de comunicação entre si, “vestiu a camisa” do trabalho e na hora da apresentação acabou criando um grande debate, com cada grupo defendendo seus pontos de vista utilizando de diversos  argumentos que hoje sabemos  que não eram os mais adequados, mas foi a partir desse ponto que nossa maturidade profissional começou a se formar.

Como tudo na vida, foram nas adversidades que nossa turma ganhou forças. Após dois anos sem abrir turmas novas no nosso curso, muito se dizia que o curso de Sistemas de Informação da FAMINAS iria  acabar  e  alguns podem inclusive ter questionado nossa qualidade profissional, mas foi a partir desse ponto que nossas qualidades  foram demonstradas com maior intensidade. Tivemos  trabalhos  apresentados e premiações conquistadas em congressos nacionais e internacionais. Além disso, tive uma grande conquista
pessoal, que foi a aprovação no mestrado da Universidade Federal de Viçosa.

Todas essas conquistas são motivos de muito orgulho para todos nós. Essa é a demonstração real da qualidade do curso de Sistemas de Informação, é uma prova de como fomos importantes e vamos deixar marcado nessa instituição a representatividade que tivemos.

Durante esses  quatro anos muitos professores colaboraram com a nossa formação, cada um do seu jeito, e a eles temos muito a agradecer. Alguns deles, além de professores, tornaram-se realmente amigos que vamos levar por toda a vida.

Nossas famílias e amigos também foram de fundamental importância para nossa formação. São a eles que recorremos nos momentos difíceis e são com eles que comemoramos nossas vitórias como a de hoje.

Estamos completando uma etapa importante das nossas vidas, mas ela é apenas o primeiro degrau de uma escada repleta  de vários outros  até alcançarmos nosso tão sonhado sucesso profissional. É importante mantermos sempre em mente que  “Nós somos o que queremos...”.  A  partir  desse pensamento,  com certeza todos os outros degraus até o sucesso serão deixados para trás, nem que para isso, como dizia nosso professor Gustavo, nós  tenhamos que passar vários  outros  sábados à noite estudando ou trabalhando. Com determinação alcançaremos todos os nossos objetivos.

Esses quatro anos que passamos no curso de Sistemas de Informação da FAMINAS particularmente irão me deixar saudades e acredito que esse sentimento é compartilhado por muitos de nós. Nesse intervalo de tempo nossas vidas passaram por mudanças importantes e visíveis a todos. Muitas amizades foram feitas,  novos conhecimentos  foram assimilados, conquistas pessoais foram alcançadas  e aprendemos a conviver com várias novas responsabilidades. Com certeza estamos saindo hoje da Faculdade pessoas muito melhores e mais maduras do que éramos no início.

Espero sinceramente que todos nós possamos alcançar os objetivos que traçamos e que tenhamos uma vida repleta de novas vitórias. Parabéns a todos nós! (Lucas Vegi, 2009)

3 comentários:

Dhieyson Aguiar Gabriel disse...

Já faz quase um ano... Mas não existe explicação para o sentimento que nos passa na cabeça nesta época. Uma luta de 4 anos de estudos poder ser tão bem aceita como uma cerimônia de colação de grau tão rápida para quem assiste, mas para quem está finalizando a graduação, recebendo o primeiro título (de muitos..) é um filme de 4 anos passados em velocidade 100x. É como lembrar do primeiro dia de aula, dos problemas enfrentados e ainda conseguir ver uma visão futura do que queremos realmente ser.

Parabéns pelo discurso. Sem dúvida foi um prazer poder ter em suas palavras o meu sentimento de missão cumprida, que agora percebo que na verdade é apenas uma missão iniciada...

Abraço

Rodolfo disse...

Não sei o que acontecia, mas o calor do momento fazia com que o discurso parecesse muito mais profundo, nao que nao seja, mas parecia naquele momento fazer mais sentido do que faz agora... de qualquer forma, foi muito bom poder ler novamente e lembrar daquele momento de grande conquista para todos nós!

Daniel Danna disse...

Muito bom! :D farei meu discurso de SI no próximo dia 29... você me ajudou muito! Abraços...